Restaurante Quanjude Peking Duck – O pato de Beijing

A China é um país muito interessante para se visitar e conhecer. Não é só o país mais populoso do mundo mas há hoje mais Chineses aprendendo a falar inglês que toda a população de língua inglesa junta…

Vou escrever uma série de posts sobre a China e vou começar falando de comida…

O que mais me inspiraria tanto?

Eu adoro o Pato de Beijing e o comi pela primeira vez quando o meu pai me apresentou em Londres… Ele me levava para um restaurante em Bayswater e de vez em quando eu ainda volto lá.

Logo, uma vez na China, eu queria comer o pato…

Assim, me foi recomendado visitar e comer no restaurante mais antigo de pato de Beijing. The Quanjude Peking Duck.

Eles abriram e 1864 e desde então servem apenas pato… de formas diferentes… mas nós fomos para comer do jeito tradicional.

Como o restarante é bem famoso, há pessoas que falam bem o inglês, e logo foi fácil fazer o pedido… estou falando isso porque nem sempre é tão óbvio e em outro post eu vou contar algumas das nossas aventuras.

Mas o que faz esse patinho ser tão especial?

Primeirom voce tem que gostar de pato, né… passando essa parte, tudo é maravilhoso… O pato é assado em altíssima temperatura, em um forno aberto e depois a carne é separada do osso em fatias macias que tem que ter um tamanho para caber dentro de uma panqueca…

E aí se serve com panquecas, alho poró e um molho escuro muito especial… meio bbq.

É simples e para ser comido com as mãos…. Uma vez o pato servido, o exercício é de rechear as panquecas com a carne de pato, o alho poró e o molho….

Ah… como eu comi… me dá até água na boca…

O Restaurante Quanjude  esstá presente em vários lugares de Beijing e espalhado pela China mas o primeiro fica Escondido em uma ruela que desemboca em Qianmen Square e foi nesse que nós fomos… É meio difícil de achar, embora seja enorme… cabe mais de 1000 pessoas.

Logo, eu recomendo que voce conheça esse e nenhum outro…

Voce vai me agradecer pela dica.

XX Valentina