Curtain Bluff – Antígua

Paraíso existe !!!Eu estive lá recentemente e fica em Antígua…

No meio do caminho de uma viagem de trabalho, eu resolvi fazer um pit stop em Antigua no fim de semana.

Eu pesquisei onde ficar e por isso eu tinha mais ou menos uma idéia do quanto o Curtaun Bluff seria bom, mas devo confessar que o lugar superou todas as minhas expectativas…

Curtain Bluff é um resort que fica situado no vilarejo de Old Road em Antígua. Tem uma estória interessante, já que o casal que comprou o terreno, tinha a intenção de construir uma casa para a família, que acabou não sendo autorizada pelo governo local. Assim, o único jeito de construir foi criando o resort que inicialmente tinha 22 quartos.

Com o tempo o resort cresceu e se tornou mundialmente famoso, o que poderia acarretar em perda de qualidade e intimidade…  Não acontenceu… o lugar continua sendo super exclusivo, com tratamento de boutique e de uma qualidade mais que excelente.

O nome Curtain Bluff vem de um enorme rochedo que separa as duas praias do resort. Uma calma como uma lagoa e outra nervosa e forte por causa da corrente marítima.

O lugar tem 3 restaurantes, um spa espetacular, algumas quadras de tênis, uma academia de ginástica moderníssima e um oceano inteiro a explorar. Windsurf, kitesurf, mergulho, snorkeling, kayaking, são atividades que estõ incluídas na tarifa do hotel.

Quando eu cheguei, eu estava a um fio da exaustão. Tinha tido uma semana muito cheia e complicada e sentia que não tinha nenhum pingo de energia sobrando. Como o meu marido bem colocou, eu me estiquei tanto, que o meu corpo viajou para Antigua mas a minha alma ainda ficou pendurada na Europa…  Ele tinha toda razão, mas uma vez eu cheguei lá, foi como se eu tivesse tomado um choque instântaneo de energia que eu queria fazer tudo ao mesmo tempo.

Parecia criança em loja de brinquedo… meio atordoada e sem saber o que fazer primeiro… tinha muita coisa e pouco tempo.

Meu quarto era mais que espetacular…. de frente para o mar e com os pés na areia… As ondas batiam (os quartos ficam de frente a praia braba), furiosamente na areia. Palmeira, coqueiros, redes, sol e céu aberto e aquele mar turquesa… do que mais eu precisava?

Bem, nada, mas cocktails…e como por mágica, eles se materializaram nas minhas mãos… o hotel opera no regime de tudo incluído… logo, quando menos se espera aparece alguém oferecendo drinks e cocktails… Eu não havia dito que o serviço era de boutique e super intimista?

Passada algumas horas, eu resolvi andar pelo resort… os jardins são meticulosamente tratados e o contraste do azul do mar com o verde luxuriante das plantas é de tirar o fôlego.

Hora do jantar… é um saco ter que jantar sozinha…mas não havia nada que pudesse fazer a respeito já que estava viajando sozinha… Eu decidi ir comer no restaurante Tamarind, que é o mais formal do resort, com menu e vários serviços de comida local caribenha.

Quando menos me dei conta uma senhora se aproximou da minha mesa me perguntando se eu não estava me sentindo sozinha. Ela, então me perguntou se eu não gostaria de me juntar a ela em sua mesa, o que recusei educadamente. Ela insistiu e eu expliquei dizendo que estava acostumada. Ainda assim ofereceu que procurasse por Chelle em caso de mudança de idéia.

Naquele momento não me dei conta que Chelle era Lady Chelle, fundadora e proprietária do resort. Gentil e generosa de vir falar pessoalmente comigo. Fiquei sabendo que Lady Chelle recebe os hóspedes 1 vez por semana em sua casa que fica na parte mais alta do resort. Nesse dia, ela entrega pessoalmente uma placa de prata aos hóspedes que completam retorno ao resort por 10 anos consecutivos.

Acreditem, eu mesma encontrei algumas familias que estão retornando por mais de 10 anos. Havia uma que retornava pelo seu vigesimo ano… Incrível como esse lugar vem seduzindo tanta gente e escutando os seus testemunhos assim como vivenciando o lugar, há um tipo de mágica que não se percebe facilmente em outros lugares.

Adorei minha curta visita ao Curtain Bluff, curta mais maravilhosa. Diferente de outros lugares que já visitei, eu tenho certeza que retornarei em breve e levando a minha própria família… talvez, um dia quem sabe não serei eu a receber a placa de prata.

www.curtainbluff.com

xx Valentina