Tailândia 1 – Koh Samui

A Tailândia é um país para onde eu sempre quis retornar.. Minha primeira visita se deu há mais de 10 anos e desde então eu venho pensando em voltar.

Na primeira vez eu visitei Bangkok e Phuket… desta vez, eu queria conhecer outra parte do país, principalmente porque estava viajando com a minha família.

Nossa primeira parada foi Koh Samui. Escolhemos a ilha porque queríamos tempo de praia.. Eu precisava de sol, areia e água salgada.

Como moramos na Europa… escapar do frio me parece sempre uma boa idéia… Não que eu não goste do inverno… mas uma recarga de vitamina D, ajuda a suportar os longos dias frios.

O hotel que escolhemos foi o Royal Muang Villas Resort, pelas seguintes razões:

  • 10 min do aeroporto
  • em frente a praia
  • Villas privativas
  • Piscina privativa e exclusiva a villa
  • Orientado para familias com pessoas de todas as idades
  • Hotel de marca local – aqui acho que devo explicar a escolha… Quando viajamos, nós tentamos escolher hotéis de marcas locais e que sejam de negócios familiares. Tentamos evitar que sejam cadeias internacionais ou multinacionais pois é uma forma de ajudar a economia local.… Nem sempre conseguimos ficar apenas em hotéis locais e nessa mesma viagem, nós acabamos usando algumas grandes cadeias de hotel (quando escrever os futuros posts, eu mencionarei esse assunto).

www.muangsamui.com/

A nossa experiência no resort foi perfeita… Muito melhor do que previsto. Localizado na Baía de Choeng Mo… o hotel está em uma área cheia de restaurantes e pequenos negócios locais, como spas e lojinhas de artesanato… mas ainda assim não fica na parte mais barulhenta e visitada da Ilha que é a área de Chaweng beach… (que fica há apenas 10 min de distância).

Ficamos 4 noites no resort, dos quais 2 dias inteiros nós aproveitamos o resort sem sair dele…visitamos os bares da praia local e fomos para a piscina… incluindo aquela que tinhamos na nossa villa… meus filhos mal sabiam onde brincar, pois a cada momento mudavam de idéia…

Mas é óbvio que saimos do resort também… já que queríamos explorar a ilha e conhecer a cultura local… logo, decidimos fazer um passeio a Ilha de Koh Tao com uma parada na Ilha de Nangyuan Island.

Pela primeira vez, eu viajei sem ter planejado quase nada… havia decidido não planejar e deixar rolar,… mas uma vez lá, o passeio a Koh Tao nos pareceu uma excelente idéia.

Há muita disponibilidade e variedade de operadores… sem saber o que escolher, acabamos optando pela operadora que foi recomendada pelo concierge do hotel

Segurança para mim é absolutamente fundamental, logo fiquei bastante satisfeita e segura quando me foi confirmado que todos os passageiros tinham que usar coletes salva vidas durante todo o passeio no barco e moviementação no barco ficava proibida enquanto em movimento.

A Ilha é espetacular e a cor da água é indescritível… como os meus filhos nunca haviam feito snorkeling, nós passamos muito tempo dentro dágua explorando os corais e observando os peixes … A Tailândia é um país campeão mundia de visitas turísticas, o que quer dizer que há muitos turistas por todos os lugares, mas acredite se quiser, esse tour foi bem organizado que não nos deu a sensação de visitar lugares muito cheios.

No dia seguinte, nós alugamos um carro para explorar a ilha. O nosso objetivo era chegar ao Nikki Beach que ficava situado do outro lado da ilha de onde estávamos.

Começamos o nosso dia com uma visita ao Big Buddha. Estrutura alta e imponente,  o Big Buddha pode ser visto há milhas de distância. Meus filhos, especialmente minha filha, ficou fascinada pelos templos budistas e pelo seu significado. Eu aproveitei para explicar sobre a religião, seu significado e a cultura politeísta.

Após a visita ao Big Buddha fomos ao Nikki Beach. Situado no  Lipa Bai, o beach club é, como se poderia esperar, um lugar de adultos. Não é que os meus filhos não tenham se sentido bem vindos, e o club tem até um kids club para acolher as crianças… mas é claro que é um lugar de curtição… lugar para se tomar sol, drinks e esquecer da vida… A música alta, pessoas bonitas e paísagem espetacular contribuem para essa sensação.

A comida no Nikki beach é excelente… Há de tudo no menu… comida para todos os gostos, da culinária local, até sushi..

www.nikkibeach.com/destinations/beach-clubs/koh-samui/

Apesar de estar com os meus filhos que ainda são relativamente pequenos, eu fiz o que pude para não perturbar os outros hóspedes do clube… afinal estavamos todos ali para relaxar e aproveitar… Houve apenas um pequeno contratempo e nada teve a ver com os meus filhos. Enquanto lá estávamos, o clube estava fazendo as instalações para a festa de ano novo. 30 de Dezembro e eu entendo que o clube precisava se preparar para a festa do dia seguinte… mas eu acho que por razões de segurança, eles deveriam ter evacuado a piscina enquanto passavam cabos de som e eletricidade. Eu avisei a gerência da minha preocupação e me foi assegurado que tudo estava desligado enquanto a instalação estava sendo feita.  Com todo respeito, acidentes são chamados de acidente, exatamente pois não há a intenção de que algo aconteça e o clube não deveria correr o risco.

Eu continuei a me sentir desconfortável, apesar da minha família não estar mais na piscina, ainda havia outras pessoas, que logo depois eu deixei o clube. Talvez a minha reação tenha sido exagerada.

Koh Samui é uma ilha linda e acolhedora… além de ser muito receptiva a crianças. Em todos os restaurantes, os desejos dos meus filhos foram bem recebidos e eles se sentiram muito bem.

Comemos em vários tipos de lugar… do rústico ao sofisticado.  Um bom restaurante a visitar é o prego, no coração de Chaweng beach.

Há não deixe de fazer uma massagem em um dos estabelecimentos locais… há dos mais sofisticados aos mais simples… escolhemos um ao lado do nosso hotel… e nunca mais vou esquecer o prazer do meu menino de 4 anos a ter os seus pézinhos massageados… ele adorou!

www.prego-samui.com/

Bem, depois disso tudo era hora de arrumar as malas para o nosso próximo destino… Chiang Mai.

Até o próximo post.

xx Valentina